Novo museu de arte sacra no Ipiranga abrirá em 2022

Um dos bairros mais católicos de São Paulo terá uma nova atração cultural a partir do próximo ano. O museu de arte sacra no Ipiranga está se programando para abrir ao público em janeiro de 2022, e foi recentemente abençoado por autoridades cristãs em evento fechado.

A iniciativa do Museu do Instituto Cristóvão Colombo (ICC) vem para celebrar os 125 anos de uma das mais antigas Instituições a trabalhar com crianças e adolescentes migrantes no Estado de São Paulo. A ideia surgiu a partir do rico acervo de itens da ordem scalabriniana, que passaram por curadoria da museóloga Ana Silvia Bloise.

Foto: IpirangaFeelings

Durante a ocasião do encerramento do jubileu de 125 anos do falecimento do pároco, no dia 12 de dezembro, houve missa na Paróquia São João Batista e visitação do Cardeal Odilo Pedro Scherer, cardeal arcebispo de São Paulo, no museu de arte sacra do Ipiranga.

O museu histórico de cunho religioso tem como missão coletar, preservar, interpretar, divulgar e expor testemunhos da história do padre pioneiro projeto social scalabriniano.

O equipamento cultural amplia a oferta de passeios patrimoniais no Ipiranga, que contará então com cinco museus: Museu do Ipiranga, Museu de Zoologia, Museu Vicente de Azevedo, Museu Botânico e Museu do ICC.

Chamados também de Missionários de São Carlos, o grupo fundador do instituto em 1895 pertence à Congregação religiosa fundada por Dom João Batista Scalabrini, bispo de Piacenza, na Itália.

Inicialmente, o ICC era um orfanato que acolhia crianças abandonadas ou em vulnerabilidade social, sob os comandos do padre José Marchetti, morto precocemente aos 27 anos, um ano após inaugurar a obra social.

Foto: IpirangaFeelings
Foto: IpirangaFeelings

O que você encontrará no museu de arte sacra

O público poderá aprofundar o conhecimento de sua obra social, religiosa e os impactos positivos que teve e ainda têm no bairro desde quando era o Orfanato Cristóvão Colombo.

Fotografias, documentos, vestimentas, objetos, relíquias e demais materiais sacros que preservam a memória estão dispostos em quatro ambientes.

Os itens passaram por um processo de restauro, pelas mãos de Silvia Regina Karps, especializada em Restauração e Conservação de Obras de Arte, Arte Sacra e Pinturas Parietais.

Uma das principais peças de arte fica logo na entrada: uma escultura em mármore Carrara do navegador Cristóvão Colombo, com data indefinida. Especialistas acreditam ter sido feita na década de 50 ou 60 pelo escultor ítalo-brasileiro, Galileo Emendabili.

A data de abertura oficial será divulgada no próximo ano e as visitações serão com agendamento prévio, seguindo os protocolos sanitários. O endereço é Rua Dr. Mário Vicente, 1108 – Ipiranga.

Foto: divulgação

O Instituto Cristóvão Colombo

O padre italiano José Marchetti fundou o Instituto Cristóvão Colombo, num terreno doado pelo Conde José Vicente de Azevedo, em 1895. Por muitos anos o local funcionou como asilo de crianças órfãs e, desde 2010, pela mudança da lei, funciona como Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de período integral para 230 crianças de 6 a 14 anos em situação de vulnerabilidade social.

A construção, ao lado da igreja São João Batista, é como um mundo aparte. Uma pequena cidade onde o tempo parece ter parado e a infância se renova a cada temporada.

Foto: IpirangaFeelings
Foto: IpirangaFeelings

O enorme edifício conta com um pátio ao ar livre que expande a imaginação e as brincadeiras. Há quadras, inúmeras salas para atividades diversas, refeitório, auditório e até uma piscina sem uso, que necessita de verba para reformas.

Além de aprender o ensino básico na escola, os alunos têm oficinas de música, balé, jornalismo, entre outras. Também contam com apoio psicológico, odontológico e fonoaudiólogo. É um espaço de cuidado integral e seguro para pessoas em idade de formação.

O amplo espaço conta ainda com uma agradável surpresa: uma horta emerge no meio da construção, com a silhueta urbana ao fundo. São Paulo é mesmo imprevisível. Tudo o que é produzido ali vai diretamente para a cozinha, que prepara as refeições dos atendidos pelo ICC. 

Foto: IpirangaFeelings
Foto: arquivo/ICC

Horta produz alimentos sem veneno para crianças e adolescentes

Deixe um comentário