Em Tour Criativo, artistas do Ipiranga abrem ateliês para o público

Em uma ação coletiva, a Lateral Galeria e o Ipiranga Feelings lançam a primeira edição do tour criativo gratuito “Ateliês Abertos”, que ao longo de um dia inteiro propõe visitas a cinco ateliês de artistas do Ipiranga, aproximando o público da arte local. 

As visitações acontecerão no dia 11 de dezembro de 2021, em dois turnos: manhã (10h às 12h) e tarde (13h às 17h). Para participar, basta preencher o formulário de inscrição, assim manteremos um controle sanitário da visitação e o mapa com os endereços a serem visitados será enviado via e-mail.

De maneira autoguiada, os moradores poderão ter mais liberdade de horário e roteiro, podendo adaptar cada visita no que lhe for conveniente.

Sugerimos que façam o trajeto a pé ou de bike, mas quem quiser pode ir de carro também, embora os ateliês não tenham estacionamento. Por serem, em sua maioria, espaços particulares, infelizmente não há acessibilidade para cadeirantes ou pessoas com mobilidade reduzida.

Sem restrições de idade, o passeio propõe uma aproximação descontraída entre visitantes e vizinhos que, dentro ou fora de suas residências, produzem arte, atuando direta e indiretamente como agentes culturais da região. São pintores, colagistas, grafiteiros, gravadores, desenhistas e escultores. 

Tal qual um intercâmbio cultural, esta será uma oportunidade de trocar ideias e conhecimentos, de se apresentar uns aos outros, explorar os ambientes, os trabalhos desenvolvidos, as técnicas tão diferentes entre si e as especificidades de cada estilo artístico.

Temos aqui uma pequena amostra de toda a potência de criadores que escolheram o Ipiranga para chamar de lar e se inspirar a cada dia. O apoio de cada morador é fundamental para fortalecer nossos artistas. E a gente só consegue apoiar quando se conecta uns com os outros, não é? Então bora!

Esperamos vocês para um dia incrível!

Conheça abaixo um pouquinho dos participantes:

Camila Alcântara (@camilaalcantara.art): a artista tem a colagem como principal linguagem, porém, em suas obras você perceberá a presença de tintas, linhas, tecidos, entre outros materiais. Se aprofunda em narrativas sobre raça, gênero, saúde mental e relações humanas para questionar, comunicar e retratar a sociedade que a cerca.

Lisa Mangussi (@lisamangussi_art): a artista visual e arte educadora paulista faz uso do desenho com sangue e bordado em tecido como forma de expressão. Hoje tem sua própria escola de arte no bairro, onde leciona cursos de desenho, artes visuais e história da arte, além de cursos para crianças.

Foto: @ddaranha

Maria Diel (@mariadiel.art): gaúcha de berço e cidadã do mundo, a artista atua nas áreas de desenho, colagem e gravura, além de ser professora de História da Arte. Em seu ateliê no Ipiranga desenvolve peças de calcogravura, técnica que se apoia a uma chapa de cobre como plataforma para desenho e reprodução.

Moyses Mellim (@moysesmellim): o escultor nascido em Ribeirão Preto apoia suas criações em elementos geométricos tridimensionais. A rigidez do metal contradiz a leveza e soltura das formas, resultando em peças de arte abstrata. 

Paulo du’Sanctus (@paulodusanctus): nascido em Jundiaí, o jornalista e artista dialoga com a representatividade negra e indígena. Os trabalhos de tinta acrílica ou técnica mista são realizados sobre diversas superfícies, como papel moeda, jornal e tela. Também cria ilustrações e aquarelas. 

Apoio e realização: @lateralgaleria e @ipirangafeelings


Inscrições para o tour: https://forms.gle/XvuHmn7WFUDczh1Q8

Fotos: acervo pessoal dos artistas do Ipiranga

Relembre a matéria da Lateral Galeria

Deixe um comentário