Jornada do Patrimônio no Ipiranga terá acesso à Palacete dos Jafet

A curiosidade de muitos paulistanos em relação à alguns grandes casarões históricos da cidade pode ser saciada durante o mês de agosto. A Jornada do Patrimônio no Ipiranga terá três visitações, incluindo um dos Palacetes dos Jafet, além de palestras e oficinas.

A Jornada do Patrimônio é um evento realizado pela Secretaria Municipal de Cultura através do seu Departamento do Patrimônio Histórico e da Coordenadoria de Programação Cultural, e é uma atividade educativa com o objetivo aproximar a população e o patrimônio histórico tombado da capital. 

As atividades propostas são avaliadas pela equipe do DPH, tendo como critério básico a exigência de ser uma ação vinculada ao patrimônio da cidade de São Paulo, ou mesmo relacionada aos assuntos pertinentes para os debates sobre a preservação do patrimônio histórico.

Desde 2015, quando foi criada, as ações propostas demonstram uma grande gama de assuntos tratados, desde movimentos ligados à preservação e divulgação da memória negra ou indígena na cidade; a grupos que propõem roteiros históricos, com viés mais turístico; ou pesquisadores que apresentam trabalhos bastante específicos.

Lembre-se: as inscrições nos passeios são obrigatórias.

Confira a programação da Jornada do Patrimônio no Ipiranga e inscreva-se!

Visitas à imóveis

Palacete Jafet
A família Jafet, importante investidora na indústria e comércio, instalou-se no bairro do Ipiranga, construindo suas residências, fábricas, moradias e serviços para operários, modificando a paisagem do bairro. O Palacete Eduardo Benjamin Jafet, projetado em 1933 e implantado em um jardim com belvedere, ainda mantém muitas de suas características originais, como a distribuição dos ambientes e diversos elementos decorativos, como painéis de John Graz, vitrais, revestimentos e pinturas artísticas. Tombado pelo Conpresp, Iphan e Condephaat.
Domingo, 21/08, das 14h às 17h – Rua Bom Pastor, nº 825, Bairro Ipiranga.
Inscrições: Amditolvo@gmail.com

cropped-casarao-jafet-ipiranga2.jpeg

Fábrica Unilabor
O imóvel em questão, tem uma trajetória histórica extensa, mais conhecido por ter abrigado a Fábrica Unilabor, voltada a produção de móveis com autogestão operária. Ainda assim seu espaço abrigou diversas iniciativas como o Centro Social Cristo Operário e o Centro Pastoral Vergueiro, dividindo o espaço com a Capela do Cristo Operário. Sua edificação foi tombada nos 2000, o espaço constitui uma parte vital da história do bairro Ipiranga e da cidade de São Paulo. Tombado por Conpresp e Condephaat.
Sábado, 20/08, das 10h às 12:30h. Rua São Daniel, 119 – Vila Brasílio Machado.
Inscrições: fcoelhorafael@gmail.com

Além de periferia: centralidade do Heliópolis
Heliópolis é conhecido como um dos maiores territórios periféricos da cidade de São Paulo. Com base nesse fato, porém, desenvolve-se uma série de estereótipos do ser periférico.
Por meio de andanças em ruas e espaços da comunidade, dialogando sobre toponímia e memórias, esse roteiro visa trazer à tona a centralidade de Heliópolis e seus sujeitos, na cidade e no estado de São Paulo.
Sábado 20/08 das 09h às 11h – Hospital Heliópolis. R. Cônego Xavier, 276 – Sacomã.
Inscrições: Googleform

Palestras

O Ipiranga em obras
No Ipiranga há várias obras para celebrar a Independência do Brasil. Primeiro foi construído o Museu do Ipiranga decorado com o quadro “Independência ou Morte!”, de Pedro Américo, em seu salão nobre. Para comemorar os 100 anos do grito de D. Pedro I, foram feitos o Parque da Independência e o Monumento à Independência. Para celebrar os 200 anos do nascimento do Brasil como país, o Ipiranga está novamente em obras. Nessa palestra contará um pouco mais sobre esse cartão-postal da cidade de São Paulo.
Domingo, 21/08, das 14h às 15h, Casa de Cultura Chico Science. Rua Abagiba, 20, Av. Pres. Tancredo Neves, 1265 – Vila Moinho Velho (Ipiranga)
Inscrições: mcpaiva@alumni.usp.br

O Cavaquinho me levou ao Black Power do Ipiranga
Breve relato sobre a história do cavaquinho e como este instrumento me levou a sede do Black Power do Ipiranga, seguido de amostragem de exercícios básicos e técnica de postura, nome das cordas, montagem de acordes. Execução de um Samba e um Choro e conversa sobre estes gêneros. Mais uma contação de causos sobre a história do Black e a importância da sede, finalizando com roda de samba aberta ao público. Venha e traga seu instrumento.
Sábado, 20/08, das 10h às 13h. Casa de Cultura Chico Science (Ipiranga) – Rua Abagiba, 20, Av. Pres. Tancredo Neves, 1265 – Vila Moinho Velho.
Inscrições: ricardo.videologia@gmail.com

Memória e Legado: 25 anos sem Chico Science
A palestra visa trazer a memória e o legado do patrono da Casa de Cultura Chico Science Ipiranga através de exposição oral, imagens e vídeos, e interatividade com o público. A atividade traz o multiverso do artista e sua ligação com o equipamento público cultural, e como a questão da mistura de diferentes gêneros musicais e vertentes culturais se unem no mesmo ambiente criando uma atmosfera de pluralidade, marca registrada dessa Casa de Cultura e do próprio artista, alquimista musical.
Domingo 21/08 das 16h às 17h. Casa de Cultura Chico Science – Rua Abagiba, 20, Av. Pres. Tancredo Neves, 1265 – Vila Moinho Velho.
Inscrições: palestra25anosemchicoscience@gmail.com
Classificação: 14 anos

Pintando a história paulista: Benedito Calixto e o Museu do Ipiranga
Benedito Calixto é, até hoje, considerado um dos mais importantes pintores brasileiros. Destacou-se pela produção de pinturas que se tornaram referências para a imaginação sobre acontecimentos e personagens que fizeram parte da história de São Paulo e do Brasil. Nessa palestra, a proposta é apresentar e analisar algumas pinturas que fazem parte da coleção artística do Museu do Ipiranga e que se tornaram muito conhecidas ao longo dos últimos cento e vinte anos.
Domingo 21/08, das 10h às 11h30. Casa de Cultura Chico Science – Rua Abagiba, 20, Av. Pres. Tancredo Neves, 1265 – Vila Moinho Velho.
Inscrições: 11 99691 4383 Whatsapp

Oficina cultural

Me chama que eu vou
Trata-se de uma oficina cultural em que as pessoas poderão se manifestar artisticamente, por meio da poesia, dança, música, teatro etc. Para tanto utilizaremos uma estratégia de brincadeiras com os sons para envolver o público no espaço literário da Biblioteca Comunitária de Heliópolis, o qual pretendemos que seja o ponto final do roteiro de memória ‘Além da periferia: centralidade do Heliópolis’, por se tratar de um dos principais equipamentos do Bairro Educador.
Sábado, 20/08, das 11h às 12h30. Biblioteca Comunitária de Heliópolis – Rua da Mina Central, 372 – Vila Heliópolis.
Inscrições: biblioteca.unasheliopolis@gmail.com

Consulte a programação completa e em outros bairros da cidade aqui.

Written by

Ipiranga Feelings

5 thoughts on “Jornada do Patrimônio no Ipiranga terá acesso à Palacete dos Jafet

    1. Olá, o IpirangaFeelings é apenas um portal de informação e notícias.
      Você precisa ler a matéria atentamente e entrar em contato diretamente com o local desejado,
      via e-mail ou formulário, que está mencionado em cada um dos locais.

      Um abraço

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CPI da Enel quer relatos da população Caravana de Natal da Coca-Cola começa em SCS Conheça o Coworking público do Ipiranga Virada Esportiva no Ipiranga acontece dias 28 e 29 de outubro
CPI da Enel quer relatos da população Caravana de Natal da Coca-Cola começa em SCS Conheça o Coworking público do Ipiranga Virada Esportiva no Ipiranga acontece dias 28 e 29 de outubro