Após pressão, festival no Jardim Botânico migra para o Parque Ibirapuera

Depois de uma petição com mais de 23 mil assinaturas, denúncias no Ministério Público e mobilização popular, o festival no Jardim Botânico de São Paulo se viu forçado a mudar de endereço. A organização divulgou ontem (8) um comunicado alegando que o Parque Ibirapuera receberá o evento no dia 4 de março.

A principal manifestação contra o evento era de cunho ambiental. O Jardim Botânico, concedido aos cuidados do grupo Reserva Paulista por 30 anos, tem como principal função a conservação de espécies da flora e da fauna, além de promover estudos científicos. O local é uma unidade de conservação de proteção integral, onde habitam inúmeros animais na floresta nativa e a nascente do riacho Ipiranga, o mesmo fluindo no Parque da Independência.

No Parque Estadual Fontes do Ipiranga, que engloba o Jardim Botânico, podem ser encontradas garças, socós, frango d’água, irere, carão, biguá, maguarí, marreco-ananai, gaviões, carcarás, falcão-de-coleira, preguiças, bugios, gambás, tatu-galinha, ouriço-cacheiro, teiús, cobras e lagartos além de espécies ameaçadas de extinção, como gavião-pega-macaco, jacú, pavó.

Foi a partir da preocupação com o meio ambiente que pesquisadores da área e estudantes se mobilizaram, fazendo denúncia no Ministério Público, criando uma petição on-line e indo atrás de figuras políticas. O deputado Carlos Giannazi (PSOL) e a deputada Marina Helou (Rede) aderiram à iniciativa.

Tanto o jardim quanto o Festival Piknic Électronik emitiram notas ao longo dos dias alegando que tomariam medidas protetivas para evitar danos ambientais, embora fosse um evento musical com 12 horas de duração e mais de 3 mil pessoas esperadas.

Durante uma audiência pública na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) na noite de quarta-feira (8), ambos os envolvidos na denúncia emitiram um comunicado alertando sobre a mudança de endereço para o Auditório do Ibirapuera. Apesar disso, não reconheceram que a escolha havia sido inadequada, alegando que lamentam “a divulgação distorcida da realidade do evento.”

O grupo reiterou que o festival acontecerá seguindo protocolos específicos e com rígidos padrões de qualidade no controle operacional, independentemente do local de sua realização, “uma vez que um dos pilares do evento é a sustentabilidade, além do propósito de despertar no seu público o respeito e a importância da natureza, suas causas e valores.”

Written by

Ipiranga Feelings

One thought on “Após pressão, festival no Jardim Botânico migra para o Parque Ibirapuera

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Petiscos do Comida di Buteco no Ipiranga Ator da Globo abre gastrobar no Ipiranga MST abre sacolão popular na Mooca CPI da Enel quer relatos da população
Petiscos do Comida di Buteco no Ipiranga Ator da Globo abre gastrobar no Ipiranga MST abre sacolão popular na Mooca CPI da Enel quer relatos da população