Clone da Figueira das Lágrimas é plantada próxima ao Parque da Independência

É no Ipiranga que mora a última testemunha viva da Independência do Brasil, que completou 200 anos neste ano. O que muita gente não sabe, porém, é que a chamada Figueira das Lágrimas gerou frutos e sementes. Uma de suas “filhas” agora mora em frente ao Monumento, nas proximidades do Parque da Independência.

O presente foi uma iniciativa dos paisagistas Alex Vicintin e Ricardo Cardim, que doaram à Prefeitura de São Paulo uma das mudas cultivadas a partir de sementes da árvore anciã. A “bebê” de 5 anos de vida está com mais de 4 metros de altura atualmente.

Estima-se que a árvore Figueira das Lágrimas tenha aproximadamente 240 anos. É uma longeva árvore nativa da Mata Atlântica e uma referência da São Paulo do século 19. A árvore ainda vive no antigo caminho que ligava o Porto de Santos a antiga Vila, hoje a Estrada das Lágrimas.

Foto: Secretaria do Verde e Meio Ambiente

A árvore histórica

A Figueira das Lágrimas é, na verdade, uma Figueira-Brava (Ficus Organensis). Essa árvore é nativa da Mata Atlântica. Quando em mata fechada, o exemplar arbóreo pode atingir até 30 metros de altura. A Figueira-das-lágrimas ganhou esse nome porque está localizada na antiga rota utilizada pelos soldados que estavam a caminho da Guerra do Paraguai (1864 – 1870). A estrada ligava o Porto de Santos à antiga Vila, hoje Estrada das Lágrimas.

No século XIX, a árvore servia de referência para despedidas dos familiares e amigos. Diante desta árvore já passaram mercadores, soldados, viajantes e até os imperadores D. Pedro I e D. Pedro II.

A Figueira, que está localizada no território sob jurisdição da Subprefeitura Ipiranga, tem seu reconhecimento em uma placa forjada em bronze que para preservação e segurança é guardada pela Administração Regional. Após a sua exposição neste 7 de setembro, voltará aos cuidados da Subprefeitura Ipiranga.

Foto: divulgação/Subprefeitura do Ipiranga

Atualidade

A Figueira-das-lágrimas tem entre 10 e 12 metros de altura e está localizada na Estrada das Lágrimas, 505. Documentos históricos datam que em 1862 a árvore já era considerada adulta. Para preservar o local, em 2020 a Subprefeitura Ipiranga criou a praça Figueira das Lágrimas, onde vive a árvore mais antiga da cidade.

A praça recebeu a instalação de banco, refletores, pintura, grafite, entre outras benfeitorias. As placas de bronze com poemas sobre a árvore foram reproduzidas na nova praça e visam valorizar a preservação do patrimônio histórico da cidade.

Written by

Ipiranga Feelings

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adote uma praça em SP Uma árvore para chamar de sua Eixo Histórico do Ipiranga é revitalizado para Bicentenário da Independência
CPI da Enel quer relatos da população Caravana de Natal da Coca-Cola começa em SCS Conheça o Coworking público do Ipiranga Virada Esportiva no Ipiranga acontece dias 28 e 29 de outubro
CPI da Enel quer relatos da população Caravana de Natal da Coca-Cola começa em SCS Conheça o Coworking público do Ipiranga Virada Esportiva no Ipiranga acontece dias 28 e 29 de outubro
Adote uma praça em SP Uma árvore para chamar de sua Eixo Histórico do Ipiranga é revitalizado para Bicentenário da Independência