Festival do Café celebra a bebida com programação no Centro de São Paulo

O Centro de São Paulo foi um dos principais polos cafeeiros na época de ouro do grão. Para resgatar essa memória e abraçar a tradição, o Festival do Café no Triângulo SP chega à 5ª edição nos dias 21 a 26 de maio, relembrando a história desta bebida no Brasil e na cidade através de uma programação com música, bebidas especiais, palestras e workshops.

A data aproveita o Dia Nacional do Café, comemorado em 24 de maio, com uma semana de atividades. Ao todo, são 38 cafeterias participantes na região central, que nesta edição incluirá também alguns estabelecimentos no entorno da Praça da República, expandindo o perímetro do evento. A iniciativa, que já tem cinco anos, é uma realização da Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Turismo e apoio da iniciativa Todos pelo Centro.

O Festival tem um papel estratégico para reforçar o papel histórico do café e promover o convívio das pessoas na região, em torno de um interesse comum. “O Centro passa por uma transformação neste momento, com muitos investimentos públicos que convidam as pessoas a circularem pela região. Temos ações ao longo do ano, no entanto, o Festival do Café é um evento diferenciado porque convida os comerciantes da região a participarem ativamente deste processo, oferecendo benefícios aos frequentadores, notabilizando o café como um fio condutor dessa movimentação”, afirma o Secretário Municipal de Turismo, Rodolfo Marinho.

Foto: divulgação/For Quality Café

Programação do Festival do Café

Entre os estabelecimentos que se destacam na elaboração de combos promocionais estão Badaró Art Café, que oferecerá um combo com uma garrafa térmica e um pacote de café da marca, além de lançar uma bebida: Ice BAC de Avelã.

O tradicional Café Girondino, parceiro de longa data do evento, servirá um café ou cappuccino dentro de um copo de cookie, que é comestível. Já o Café Martinelli terá o Drink do Comendador composto por licor de doce de leite, café e espuma de leite; servido com pingo de leite. O Espaço Priceless, que funciona no terraço do Shopping Light montou um combo com um Drip Coffee e um bolo toalha felpuda, que consiste no bolo de leite com calda de leite de castanha do Pará, sorbet de cupuaçu e raspas de castanha do Pará.

Confeitaria Delícias da Vovó, na Praça da Sé, 33 – Sé
O ponto de memória Cama e Café São Paulo, em um sobrado de 1870, servirá três combos durante o evento – Foto: divulgação

Palestras e Workshops

Uma das missões do Festival é trazer o café para o Centro de um debate sobre sabores e combinações. Para isso, são convidados especialistas no assunto, que nesta edição participam de atividades no Centro Cultural Banco do Brasil.

Entre os nomes dos convidados estão: Giuliana Bastos, jornalista especializada em café; Camila Arcanjo, cientista especializada em análise sensorial do café, da COFFEECINA; Álvaro Dominguez, da Namu Matchá, uma espécie de chá verde que se tornou tendência de consumo nas cafeterias paulistanas e outros. Os encontros acontecem no Centro Cultural Banco do Brasil e as inscrições podem ser feitas pelo formulário através do link.

Já no domingo (26), a atividade é um pouco diferente. Vai acontecer a corrida Coffee Run, promovida pelo evento, que contará com 7 mil participantes. As inscrições já estão esgotadas.

Foto: divulgação

Programação artística

Nesta edição, além dos shows em frente às cafeterias participantes, o evento contará com palcos na região central, que contarão com shows de Tiê, Pedro Mariano, Demônios da Garoa, Paula Lima, Di Ferrero, entre outros.

Em frente às cafeterias e no Vale do Anhangabaú se apresentam Ana Rafaela, cantora e compositora que foi finalista do programa The Voice Brasil; o grupo instrumenta Groove Camaleão; Oriana La Venezolana, uma das finalistas do concurso Toca aí, do Pátio Metrô São Bento, entre outros.

Todos os artistas têm em comum as apresentações de rua, com poucos recursos sonoros e foco instrumental e acústico em sua maioria.

Sobre o Triângulo SP
Em 23 de março de 2020, a Prefeitura de São Paulo criou oficialmente o Triângulo SP, polo de atividades sociais, culturais e turísticas no perímetro das ruas Líbero Badaró, Benjamin Constant e Boa Vista – região central de São Paulo por meio da sanção da Lei nº 17.332/2020.

Um dos principais objetivos da iniciativa é revitalizar e divulgar o chamado Centro Antigo da cidade e atrair as pessoas para adensar a região. O desenvolvimento econômico e turístico da região está entre as metas da Prefeitura de São Paulo.

Continue com a gente

Written by

Ipiranga Feelings

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 cafés no Ipiranga Cafeteria petfriendly no Ipiranga Tosto: café mineiro no Ipiranga tem charme vintage
Petiscos do Comida di Buteco no Ipiranga Ator da Globo abre gastrobar no Ipiranga MST abre sacolão popular na Mooca CPI da Enel quer relatos da população
Petiscos do Comida di Buteco no Ipiranga Ator da Globo abre gastrobar no Ipiranga MST abre sacolão popular na Mooca CPI da Enel quer relatos da população
8 cafés no Ipiranga Cafeteria petfriendly no Ipiranga Tosto: café mineiro no Ipiranga tem charme vintage