Bar do Luiz Nozoie celebra 60 anos com chefs e pratos especiais em junho

Prestes a completar 60 anos de existência, o tradicionalíssimo bar do Luiz Nozoie, no distrito da Cursino, receberá temporariamente às segundas-feiras alguns chefs para prepararem pratos especiais na cozinha, para celebrar a vida e os encontros com os clientes fiéis.

Folgando aos domingos, sempre se manteve aberto no primeiro dia útil da semana. “Aos poucos fomos sendo descobertos por chefs e cozinheiros de diversos lugares, o boca a boca foi crescendo. Hoje recebemos muitas pessoas do universo gastronômico toda segunda”, escreveram, no perfil oficial do Instagram.

Pensando nisso, a ideia é celebrar o aniversário com convidados especiais na cozinha. A programação pode ser acompanhada pela rede social, onde divulgam quem será o convidado da vez. Fique de olho e não perca a oportunidade de passar por lá, em qualquer dia que seja.

Sobre o bar

O barulho é intenso, a ponto de às vezes não se ouvir o som da própria voz. Nas mesas se distribuem velhos amigos e na porta os novos clientes que, destreinados, chegam 15 minutos após a abertura da casa e perdem o lugar.

Do Paraná, Luiz Nozoie chegou ao bairro em 1962 para vender sorvetes de produção própria, na companhia da esposa Shizue. O gelo da máquina, porém, passou a deixar a cervejinha no grau. A sobremesa foi aos poucos saindo de cena para dar lugar ao boteco que faz história na boemia paulistana. O resto é história!

Foto: divulgação/acervo da família

Já na casa dos 90 anos, Nozoie ainda aparece por lá, prepara algumas coisas. Mas assim, na maciota. É que, na verdade, ele é um homem do mar. Nas idas e vindas do Guarujá, ainda volta com peixes e frutos do mar frescos. Na pescaria, tal qual no bar, ele tem até prêmios. Quando tem no menu algum peixe pescado pelo próprio, o gostinho fica mais especial do que já é.

Uma parte da família está no comando do premiado e bem falado estabelecimento, produzindo petiscos a várias mãos, como o bolinho de milho com queijo, que é divino, temporário (surge apenas a cada 15 dias) e ultra disputado às quintas-feiras, único dia da semana disponível.

Além de frituras muito bem preparadas, come-se camarão, polvo, lula, marisco e sardinha recheada nas porções, que vão de R$ 2,50 (unidade) a R$ 20. A rã à milanesa virou uma especialidade, trazendo pessoas de diversas partes da cidade para o aclamado endereço. E o espetinho de camarão é de uma crocância sem igual! Outro sazonal que sempre se esgota é o camarão rosa vinagrete.

O bar segue com a mesma cara e simplicidade atraente: sem letreiro algum na fachada, com um balcão de acepipes, pratos duralex na cor âmbar, o menu distribuído em folhetos colados na prateleira e a conta anotada à caneta, que nunca chega errada.

O ventilador cansado não dá conta de refrescar todo mundo, então a cerveja parece evaporar em poucos minutos. O calor volta, invariavelmente, com os goles na batida de amendoim e toque de licor de cacau, um clássico quente da casa.

Cada coisa que sai do balcão faz jus ao título de um dos melhores botecos da cidade. Quem vai uma vez, quer ficar para sempre. Pode ser que você tente ir várias vezes até conseguir entrar. Mas vai valer cada ida!

Vai lá!

O bar do Luiz Nozoie fica Avenida do Cursino, 1210 – Cursino/São Paulo (SP).
De segunda a sexta, das 18h às 22h. Aos sábados das 12 às 17h. Domingos e feriados: fechado.
Aceita cartões. Não faz reservas.

Written by

Ipiranga Feelings

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Shopping Plaza Sul ganha fazenda urbana de 570m² Loja de chocolate no Ipiranga segue conceito bean to bar Fusca: paixão nacional desde 1950 Open bar no Ipiranga tem chopes e drinks por R$ 89,90 Fazenda indoor produz orgânicos no Ipiranga Parque da Independência ficará fechado até setembro
%d blogueiros gostam disto: