Exposição itinerante do artista Kobra passará por Heliópolis

Conhecido pelos enormes murais coloridos estampando personalidades, o artista Eduardo Kobra completa 30 anos de carreira em grande estilo: criou um ônibus-galeria, recheado de suas obras. Assim, oferece uma exposição itinerante que passará por diversas regiões de São Paulo, incluindo a comunidade Heliópolis, no bairro Ipiranga.

Foi no Campo Limpo que o grafiteiro começou sua jornada entre sprays, na época como pichador. Com um misto de referências na bagagem, como street art tridimensionais, stencil e fotografias, foi desenvolvendo sua própria técnica e identidade.

Kobra cônibushegou a desenhar nos muros de mais de 40 países nos cinco continentes. Em São Paulo, é possível avistar as marcas do muralista na Av. Paulista, na Av. Faria Lima e até mesmo entre a Vila Monumento e o Cambuci, para a surpresa de muitos moradores. Na rua Heitor Peixoto, 676 está um mural do grande Adoniran Barbosa.

A partir de fotos, cria painéis hiper-realistas, cobertas de cores fortes e contrastantes, que viraram sua marca registrada. Nos Jogos Olímpicos, em 2016, chegou a ultrapassar o recorde de “maior mural grafitado do mundo”, pintando em 2,5 mil m². No ano seguinte, lá estava Kobra novamente envolvido na criação do mais novo recorde: um mural de 5.742 m² em plena Rodovia Castello Branco.

Foto: divulgação/Eduardo Kobra

A galeria

Para celebrar as três décadas de arte, ele criou o projeto Galeria Circular, montado dentro de um ônibus adaptado, uma forma tangível de chegar a vários públicos e locais da metrópole, em especial à periferia.

Os bancos foram retirados e as paredes forradas com quadros diversos feitos por Kobra. Há retratos estilizados de David Bowie, Jean-Michel Basquiat, Frida Kahlo e outras figuras inspiradoras – famosas ou anônimas.

Foto: divulgação/Eduardo Kobra
Foto: divulgação/Eduardo Kobra

 

O veículo teve início no Campo Limpo na quarta-feira, 27 de agosto, e vai percorrer outras regiões até o dia 8 de setembro. O itinerário inclui lugares como Vila Madalena, Itaquera, Bom Retiro e Av. Paulista. O funcionamento é sempre das 9h às 17h.

Em Heliópolis, uma das maiores favelas de São Paulo, a data marcada é 4 de setembro, no CEU Heliópolis (Estrada das Lágrimas, 2.385). No dia haverá ainda apresentação de RAP, em horário a definir.

Bora lá? Abaixo você confere uma prévia da exposição-itinerante.

 

Gostou? Conta aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s